“Tijolos de Isopor”: uma solução para as altas temperaturas?

O isopor, ou esferovite, ou poliestireno expandido (EPS) é amplamente utilizado na construção civil, tanto para preenchimento de vazios em estruturas, quanto para isolamento térmico.

Porém “tijolos de isopor”, ou melhor, recheados de isopor podem ser algo novo para muitos profissionais.

Em São José do Rio Preto – SP, Dayana Almeida, uma empreendedora na construção civil, iniciou a aplicação dessa técnica até então pouco conhecida por alguns construtores no Brasil: a utilização de blocos de concreto
“recheados” de isopor.

A intenção é que, além de funcionar como alvenaria estrutural, os blocos contribuam no isolamento térmico, acústico e evitem infiltrações.

Porque “tijolos de isopor”?

Além de serem isolantes termo-acústicos e contribuírem com a vedação da propagação de umidade para o interior do imóvel, Dayana diz que a limpeza da obra é também um grande benefício dessa técnica, visto que, a junção entre os blocos é feita com cola especial, e não com argamassa tradicional.

Tijolos de Isopor - Guia do Engenheiro

Qual o tempo de execução da obra?

As peças desse tipo de alvenaria possuem 1 metro de comprimento, o que segundo Dayana, acaba por reduzir o tempo de execução da obra.

Segundo ela, em entrevista ao portal de notícias G1, apesar de o alicerce ser igual aos demais, a entrega de uma casa de “tamanho padrão brasileiro” que levaria em torno de 40 dias, com a utilização dos blocos de concreto e isopor, é entregue em aproximadamente uma semana.

tempo de obra - tijolos de isopor - guia do engenheiro

 

Essa técnica de isolamento térmico por mais que seja novidade para muitos profissionais no Brasil, é amplamente utilizada em vários países da Europa, devido às baixas temperaturas na maior parte do ano.

Gostou da técnica? Tem algum comentário ou sugestão? Comenta aí em baixo!

Se quiser saber como atrair clientes, acesse o post: Como Atrair Clientes na Engenharia ou Arquitetura.

Quanto custa abrir um escritório de engenharia ou arquitetura? Acesse aqui!

 


Jonatas Rosa

JONATAS ROSA é engenheiro civil, empresário, fundador do Guia do Engenheiro e é proprietário de empresa de construções e reformas em Goiânia-GO. Começou a empreender desde antes de se formar e através de suas iniciativas empreendedoras vem impactando positivamente milhares de pessoas. Certificado em Adwords Fundamentals e em Adwords Search (Rede de Pesquisa do Google) pelo Google Academy for Ads. É autor de artigos na temática do Marketing de Serviços. Acredita no poder de transformação do empreendedorismo e se dedica a compartilhar seu conhecimento acerca dos métodos que mais oferecem resultados com pouco investimento.

16 comentários

Álvaro Gambi · 4 de junho de 2018 às 13:01

Boa tarde.
Vc sabe aonde comprar esse tijolo em Curitiba e região?
Grato

    Jonatas Rosa · 5 de junho de 2018 às 00:33

    Infelizmente não temos essa informação, Álvaro.

Sérgio loro · 4 de junho de 2018 às 15:24

Olá boa tarde . Boa Ideia moro no interior de São Paulo aqui não tem este produto seria bom encontrar se expandir melhor o produto convencer o cliente através de custo benefício mas uma excelente ideia .

    Jonatas Rosa · 5 de junho de 2018 às 00:34

    Muito bom, Sérgio!

Leandro · 5 de junho de 2018 às 08:07

bom dia. qual valor ..como posso comprar ..sou da região do Vale do Paraíba

    Jonatas Rosa · 6 de junho de 2018 às 10:52

    Bom dia Leandro! Infelizmente não temos informações acerca da sua região.

Rodrigo Andreas · 5 de junho de 2018 às 11:10

Bom dia
Pelo que eu saiba, o isopor é somente térmico e não acústico. Pelo visto, ela uso blocos de concreto celular, estes sim são térmicos e acústicos.

    Jonatas Rosa · 6 de junho de 2018 às 10:55

    Bom dia Rodrigo!

    O isopor é um excelente isolante térmico. Quanto ao desempenho acústico não é a melhor opção entre os materiais, porém, garante um bom isolamento para ruídos de baixa intensidade.

Carlos alexandre gomes da Silva · 5 de junho de 2018 às 11:22

Aqui em Viçosa Mg ja duspomos de desses blocos.

Manoel Neto · 5 de junho de 2018 às 14:11

O que podem dizer com relação a uma situação de incêndio, recentemente um prédio na Europa pegou fogo, pq utilizada tecnologia similar

Alisson Kleber · 5 de junho de 2018 às 20:59

duvido se é mais rápido e mais barato que a alvenaria tradicional. pode ser termo argustico fora isso em não vejo vantagem. pois o tijolo e o mais barato da obra e o mais rápido. o caro e demorado é o acabamento. e esse bloco não tem acabamento algum so servi de fechamento

Ailton Darlan · 10 de junho de 2018 às 18:11

Aqui em Itauna- MG, estamos aplicando o bloco na obra, e olhe a obra vira um show Room devido a Rapidez, limpeza da obra. O isolamento é impressionante, o teste do toque na alvenaria é o que mais deixa de boca aberta.

    Jonatas Rosa · 14 de junho de 2018 às 10:40

    Que legal Ailton!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *